Category:  National
Location: 

Maputo, Mozambique

Reference:  16301
Final date for application:  5 December 2021

Junior Expert – Climate Finance Data Management (m/f/x) - Maputo, Mozambique

 

Enabel é a agência de desenvolvimento belga. Implementa e coordena a política de desenvolvimento internacional da Bélgica e trabalha principalmente para o Estado belga. A agência também implementa ações para outros doadores nacionais e internacionais. Com os seus parceiros na Bélgica e no exterior, a Enabel oferece soluções para enfrentar os desafios globais urgentes: Mudanças Climáticas, Urbanização, Mobilidade Humana, Paz e Segurança, Desigualdade Econômica e Social e Cidadania Global. Com 2.000 funcionários, a Enabel administra cerca de 150 projetos em vinte países, na Bélgica, África e no Médio Oriente.

Contexto

 

As mudanças climáticas são um dos desafios mais críticos do nosso tempo. Moçambique já enfrenta os impactos adversos das alterações climáticas globais e é socioeconomicamente vulnerável aos efeitos de eventos climáticos extremos. Nos próximos anos, o país será obrigado a adaptar as suas infraestruturas, indústria e agricultura para ser mais resistente ao clima, ao mesmo tempo que enfrenta as perdas e danos de eventos climáticos extremos que pesarão cada vez mais no orçamento do país.
Desde o Acordo de Paris, e agora confirmado durante a COP26 em Glasgow, foram tomadas decisões importantes para continuar a transição para uma economia mundial de baixo carbono e resistente às alterações climáticas. Os compromissos assumidos sobre a utilização de combustíveis fósseis mostram a necessidade de transição e diversificação energética da economia moçambicana. As negociações internacionais que salientam o papel significativo das florestas e dos ecossistemas no combate às alterações climáticas tornam cada vez mais importante proteger e alimentar os recursos naturais moçambicanos. Decisões revolucionárias sobre mercados de carbono e mecanismos de financiamento climático abrem novas oportunidades para projectos climáticos no país. Esta perspectiva global precisa de ser considerada a fim de colocar Moçambique numa via de desenvolvimento resistente ao clima e com baixas emissões.

 

O Governo de Moçambique lançou os seus planos iniciais sobre o clima em 2015 e anunciou os seus planos actualizados em Novembro de 2021 na COP26, reflectindo as suas ambições. Continua a ser um desafio crítico aumentar e acelerar a mobilização de recursos financeiros. O acesso ao financiamento climático foi identificado como uma área chave de interesse para o Governo de Moçambique e um pré-requisito para a implementação dos seus planos.

 

A Enabel criou uma equipa de financiamento climático para dar apoio ao Governo de Moçambique no planeamento e mobilização do financiamento climático. A equipa identifica iniciativas de financiamento climático e trabalha entre ministérios e parceiros de desenvolvimento para a identificação, desenvolvimento, implementação e monitorização de projectos de mitigação e adaptação ao clima.

 

Uma das tarefas da equipa é monitorizar os fluxos de financiamento climático para e dentro do país, a fim de identificar o tipo de acções (adaptação/mitigação), sectores, e instituições que estão a ser financiadas, e onde se encontram as actuais lacunas de financiamento. Desenvolver uma visão global, precisa e actualizada dos fluxos de financiamento é um passo crítico para a implementação da política climática de Moçambique. Actualmente não existe em Moçambique nenhum instrumento de acompanhamento do financiamento climático, o que constitui um obstáculo importante à elaboração de políticas eficazes no país.

Descrição de Funções

 

Trabalhando como um Especialista Júnior na equipe de Finanças Climáticas da Enabel, você será responsável por criar e manter um inventário actualizado de dados sobre a mobilização de finanças climáticas em Moçambique. Isso envolverá o desenvolvimento de uma metodologia para relatórios periódicos de dados financeiros climáticos, pesquisa desktop e procura de fontes de dados on-line, e envolvimento com os departamentos técnicos relevantes dentro dos ministérios nacionais, parceiros bilaterais e organizações internacionais para a coleta de dados.
Você será acompanhado por um supervisor que ajudará a planificar e gerir a sua carga de trabalho e que garantirá a alta qualidade do trabalho entregue. Reuniões regulares serão estabelecidas entre o Especialista Júnior e o supervisor, nas quais o Especialista Júnior compartilha as percepções em constante evolução sobre dados e fontes de financiamento climático. O Especialista Júnior terá, além disso, interação com o pessoal relevante do MEF, a fim de divulgar as conclusões e receber orientações adicionais.
Junto com o supervisor, o Especialista Júnior desenvolverá um plano de desenvolvimento profissional, incluindo a identificação das necessidades de treinamento. Um orçamento está disponível para despesas de treinamento que o Especialista Júnior pode alocar em consulta com o supervisor.
 

Responsabilidades

  • Desenvolver uma ferramenta de rastreamento de financiamento climático doméstico e por doadores para Moçambique. Isto irá permitir que os principais intervenientes, incluindo pessoal do MEF e parceiros de desenvolvimento, obtenham uma compreensão completa do panorama das finanças climáticas moçambicanas em termos de fontes de financiamento e sectores alvo, incluindo a sua evolução ao longo do tempo. Isso consiste nas seguintes tarefas:
    • Desenvolver uma metodologia integrada para a coleta de dados financeiros com base em pesquisas existentes.
    • Identificar e mapear as principais fontes de financiamento climático, tanto nacionais como internacionais, em Moçambique.
    • Desenvolver a linha de base da mobilização do financiamento climático no País e disponibilizar estes dados em uma ferramenta digital de fácil utilização.
    • Realizar a reavaliação periódica dos fluxos de financiamento.
    • Avaliar as possibilidades de tornar o inventário de finanças climáticas publicamente disponível online.
  • Realizar análises usando a ferramenta desenvolvida para abordar e informar questões políticas relevantes e como contributo para relatórios e propostas.
  • Acompanhamento de novas pesquisas, trabalhos exploratórios e políticas de monitoramento das finanças climáticas, incluindo iniciativas de governos, organizações internacionais, organizações não governamentais, academicas e do sector privado.
  • Contribuir para eventos organizados para compartilhar a sua experiência como Especialista Júnior no Ministério da Economia e Finanças.

Qualificações e habilidades exigidas

 

  • Estudantes inscritos num mestrado ou recém-licenciados em ciências econômicas, gestão de recursos naturais, desenvolvimento sustentável, engenharia, ciências políticas ou equivalente. Estudantes inscritos num mestrado ou recém-licenciados em estatística / TI com forte interesse em mudanças climáticas também são incentivados a se inscrever.
  • Uma primeira experiência profissional ou estágio na área de mudanças climáticas, desenvolvimento sustentável, monitoramento e avaliação ou gestão de dados será considerada positivamente. Experiências de estágio relevantes contam para o cumprimento deste requisito.
  • Fluência em português. 
  • Uma mentalidade prática com forte desejo de aprender sobre novos tópicos e métodos. 
  • Você é pragmático, criativo, estruturado, focado em resultados e funciona bem em equipe. 
  • Os candidatos devem se comprometer com a visão, missão e valores da Enabel (https://www.enabel.be/content/enabel-vision-mission-values)

 

Habilidades e conhecimentos adicionais 

  • Uma boa compreensão do debate político internacional e dos desafios em torno das mudanças climáticas é altamente desejada. 
  • Experiência comprovada de trabalho com conjuntos de dados (financeiros), incluindo experiência em gestão de bancos de dados, é uma vantagem. 
  • Ser capaz de codificar em uma linguagem de programação (funcional) é uma vantagem.
  • Conhecimento de inglês é uma vantagem.
     

Oferecemos

 

  • Um trabalho interessante em um ambiente internacional.
  • Um contrato de 12 meses, baseado em Maputo.
  • Um pacote salarial incluindo custos de transporte, custos de comunicação e um plano premium de saúde.

 

Está interessado?

 

Inscreva-se online o mais tardar até o Dia 5 de dezembro de 2021 e inclua sua carta de motivação e
currículo atualizado.
Serão aceites candidaturas em inglês e português